Com Deus tudo é benção e sem Ele nada serve e nada pode dar certo

Com Deus tudo é benção e sem Ele nada serve e nada pode dar certo… Independente de credo, seja católico ou não… Deus é a solução…

Uma vez ouvi de um apresentador de TV que o que falta no povo para vencer as barreiras e até mesmo a violência era estar na casa de Deus. Sabe que acho ser verdade? Temos que aprender que temos que prestar contas de nossos males e carências mal resolvidas… Temos que aprender a lidar com as coisas e com tudo o que nos rodeia, mas de uma forma salutar…Tranquila.

Também de nada adianta estar na Igreja, seja ela qual for, se não tivermos caráter e nem desejo de mudança… Se deixarmos a Palavra “entrar por um ouvido e sair por outro”. Serão apenas palavras soltas ao vento.

Temos que aprender a essência da vida que não é como queremos, mas que existe algo maior e mais determinante que a gente chama de Deus e que rege tudo que existe.

Muitas vezes até agimos como se tudo fosse legal, mas nem tudo é legal como se imagina…

Umas coisas tem que ser mudadas e tem que começar de nós e não dos outros… Temos que aprender que não somos únicos… Temos que viver e conviver em sociedade.

Acredito que tenhamos que ter um aprendizado em nossa vida: viver mais e melhor a fé que dizemos ter… Afinal dizemos tanto crer e nossas ações não são de quem diz crer ou no que cremos.

O mundo deveria ver em nós algo novo e bom para o futuro, mas será que nossos pequenos veem isso em nós, os mais maduros?

Tudo neste mundo caminha e não podemos atrapalhar esta caminhada; já que “quem não ajuda que não atrapalhe”… Se podemos ajudar porque atrapalhamos tanto as pessoas de serem felizes; porque queremos que a maré sempre esteja a nosso favor?

Uma coisa que me deixa perplexo é perceber que se uma coisa não nos é favorável acabamos por fazer “de um tudo” para “detonar” e machucar mediante nosso “bel prazer”.

Precisamos deixar de estar “deitados eternamente em berço esplêndido” esperando que “o mundo acabe em barranco para morrermos encostados”… Temos que ir à luta por tirar o pé do freio da felicidade dos outros que não é a nossa, mas a dele, portanto o deixemos livres com suas escolhas e desejos e não é porque não são os nossos que temos que barrar ou atrapalhar…

O mundo precisa de gente e não de máquinas que sejam como queremos que sejam, as coisas mudam e temos que aprender a mudar e deixar mudar, mesmo que nos fira nossos orgulhos “impafiosos”…

Bem, creio que com um beijo de Jesus, pelos lábios de Maria e no apoio de José, o santo que sabia entender as coisas, mesmo as incompreendidas e incompreensíveis, me despeço querendo acertar e querendo que você acerte também…

Eu, aprendiz na eterna escola da vida:

 

Pe. Delair Cuerva, fmdp

By | 2018-09-26T11:23:54+00:00 setembro 26th, 2018|Artigo|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment